terça-feira, 27 de maio de 2014

RESENHA: Delírio - Lauren Oliver

Postado por Pri às 17:53
  
Olá queridos, Pri resenhando mais uma distopia, que amo de todo meu coração, Delírio da querida Lauren Oliver, espero que gostem e quem não conhece, corram, porque é de encher os olhos!




Tenho que dizer logo de cara que o que atraiu ao livro foi a sua linda capa, diferente, realmente chama atenção, mas também, com as ótimas criticas que li pelos blogs, aguçou minha curiosidade e tinha que ler.


Nunca tinha lido uma distopia, não curtia muito esse tipo de leitura, mas me forcei, até porque a historia de que o "amor" é realmente retratado como uma doença temida por todos (como uma gripe ou até mesmo como a AIDS), chamou minha atenção. A autora Lauren Oliver tem um estilo de escrita que é do jeitinho que gosto, simples, bem detalhado, faz a gente imaginar tudo dentro da nossa cabeça, como um filme.

O que mais me chamou atenção, são as citações ou frases que "abrem" cada capitulo, como uma breve explicação do que poderia acontecer e a profundidade que há ali transportou-me imediatamente para dentro da cabeça da Lena. O seu medo de ser contaminada pelo "amor deliria nervosa", suas duvidas, suas descobertas de que no fundo todos precisamos de Amor, que é melhor viver com ele ou morrer por ele.

Nesse futuro todos os jovens de 18 anos tem que ser curados do Amor e antes disso, os meninos e meninas são mantidos em segregação, não podem tocar ou ter contatos uns com os outros antes da intervenção. Lena conta os dias pela sua, sempre seguindo as regras, certinha, assim como todos os outros, mas o destino prega peças e Lena acaba apaixonada por um garoto e que intenso ele é e faz com que ela abra os olhos para essa realidade imposta e mentirosa em que todos vivem.





Depois disso, sinto aquele ligação com Lena, mas desde o começo sentir isso. Aquele medo em que todos temos de se apaixonar por outra pessoa, quando dizemos "não quero nunca mais amar". Mudei completamente a minha visão, vivi um tempo na pele da Lena, me identifiquei, lutei com ela, sofri junto com ela e amei também junto com ela. Essa ligação com um personagem (que geralmente é rara, já que me apaixono pelo garoto logo de cara hehehe) é arrebatador porque realmente vivo o personagem e se você não entende o que estou falando, espero que encontre um livro que o faça sentir do mesmo jeito que eu e assim poderemos conversar muito hahaha. 

Estou com saudade e louca para ler a sequencia, "Pandemônio" e a moral que tirei dessa mensagem que a autora tenta passar entre suas 352 paginas, é que sem o Amor tudo seria feio, triste, frio e terrivelmente sem alegrias. Pode ser piegas, mas sentir que sem o Amor, aquele sentimento de amizade não existiria, aquela preocupação que uma mãe pode ter com o filho não existiria e fiquei pensando será que aguentaria viver em um mundo assim? Temos que fazer escolhas e a vida surpreende de varias maneiras, tem que está preparado para elas, e decidir o que fazer com elas.




Beijinhos, Pri ;*

Livros atuais: Orgulho e Preconceito (Jane Austen) e Destrua Esse Diário (Keri Smith)
Música do post: The 20/20 Experience - The Complete Experience (Justin Timberlake)

4 comentários:

Amiga da Leitora - Thais disse...

Nossa eu sou viciada em Distopia, mas ainda não li essa e a capa é realmente convidativa!!

xoxo
http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

Renata Leite e Isadora Klauck disse...

Gente, que livro diferente :O Digo, comecei a ler distopias há pouco tempo e, nossa, não conhecia essa, bem diferente (diferente tipo, demais - acho que deu pra perceber minha reação de surpresa haha). Gostei da sua resenha e fiquei bem interessada no livro rsrs.
Beijos,
Renata.
viciadas-em-livros.blogspot.com.br

Carol P. disse...

Oi Pri!
ai, eu ainda sou meio receosa quando o assunto é distopias rsrs mas calma, vou dar uma chance em breve para mudar de ideia :)
a capa é linda! :) a cor, os arabescos.... gostei bastante!
parabéns pela resenha! ;)
beeijo!

Carol P.

Blog Dramin

Ivana Montiel disse...

Oii pri, tudo bem ?
Que bom que vc gostou de Delirio, to louca pra ler essa série, falam tão bem dela. Já decidi que vou terminar algumas das trilogias que ja comecei e vou começar essa, a história é muito boa, achei criativo, e eu aprendi a amar distopias (antes não gostava não).

Beijos, Ivana
http://omundinhoderebecca.blogspot.com.br

Postar um comentário

 

Closett Garden Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos